Pavilhão da Agricultura Familiar na Expointer terá maior número de expositores neste ano

Publicado por Departamento de Jornalismo em Geral

21181241_57162_gdo

Publicado em 22 de agosto, 2019 | Nenhum Comentário

Os agricultores familiares terão maior participação na 42ª edição da Expointer, com 316 espaços de comercialização na 21ª Feira da Agricultura Familiar. O pavilhão com mais de sete mil metros quadrados oferecerá aos visitantes toda a diversidade de produção das agroindústrias, artesanato rural, plantas e flores, além de quatro cozinhas com refeições.

Os estandes serão divididos entre 247 agroindústrias; 65 empreendimentos de artesanato rural, plantas e flores; e quatro cozinhas do Rio Grande do Sul, mais cinco empreendimentos rurais do Rio de Janeiro, 10 de Minas Gerais e 1 do Amapá. O número de inscrições é 9,5% maior do que no ano passado, quando 285 expositores participaram da feira.

A feira é organizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Emater/RS-Ascar, Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS (Fetraf-Sul) e Via Campesina.

Ao todo, serão 139 municípios do Estado representados no local. “Os visitantes poderão conhecer e adquirir alimentos tradicionais e inovadores, que cumprem as exigências tributárias, sanitárias e ambientais, além de representar um modo de produção diferenciado, ligado ao localismo, à tradição e à cultura alimentar e a um modo de produção menos intensivo”, destaca a engenheira de alimentos e extensionista rural e social da Emater/RS-Ascar, Bruna Bresolin Roldan.

Neste ano, 55 empreendimentos participarão pela primeira vez da Expointer, como a família Rojhan, que fabrica embutidos em Sapiranga, na localidade de Picada Verão, e levará para a feira 16 tipos de produtos como salames, linguiças, lombo e filé de suíno defumados, salsichão e bacon. Segundo Danilo Rojhan, proprietário da agroindústria junto com a esposa Edina e os filhos Ruana e Vitor, a empresa processa de 2 mil mil a 2,5 mil quilos de suínos, que a família vende, principalmente, na feira municipal de Sapiranga. Neste ano, a produção foi suficiente para a realização do sonho antigo de participar da Expointer.

Cozinha Show

Em 2018, além de completar 20 anos com sucesso reconhecido de público e vendas, o Pavilhão da Agricultura Familiar dobrou de tamanho, passando de 3,5 mil metros quadrados para 7,6 mil metros quadrados. O novo espaço possibilitou a ampliação da praça de alimentação para 410 lugares e a criação de um depósito interno, que facilita a reposição dos produtos das agroindústrias.

Outra novidade desta edição será a Cozinha Show, iniciativa da Emater/RS-Ascar com apoio do curso de Gastronomia da Universidade de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). O espaço tem por objetivo divulgar e valorizar os alimentos produzidos pelas agroindústrias familiares e comercializados no pavilhão, que serão usados em receitas elaboradas por chefs de cozinha.

De acordo com a extensionista Bruna Bresolin Roldan, haverá demonstrações gratuitas e diárias aos visitantes, do segundo (25/8) ao penúltimo dia (31/8) de feira. “Serão demonstradas duas receitas por dia, sendo uma salgada e uma doce, às 13h e às 15h”, anunciou. Todas as receitas estarão disponíveis no APP da Emater/RS-Ascar na Expointer.

*Ascom Expointer

Compartilhe

Sobre Departamento de Jornalismo

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Pavilhão da Agricultura Familiar na Expointer terá maior número de expositores neste ano
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário