ERS-142 entre Não-Me-Toque e Carazinho continua sem previsão de conclusão

Publicado por Departamento de Jornalismo em Região

buraco

Publicado em 09 de novembro, 2019 | Nenhum Comentário

Nas últimas semanas, a reportagem vem recebendo relatos da população e de usuários da ERS 142 preocupados em relação à segurança de rodagem  já que próximo do perímetro urbano as obras de escavações às margens da rodovia ficaram com altura  aproximada de 20 centímetros, até mais em alguns pontos. À direita de quem chega à Carazinho, a escavação segue até o inicio da pavimentação de entrada dos bairros.

Diante das indagações, a reportagem do Diário contatou com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) que em respostas aos questionamentos, destacou que as obras na ERS 142 continuam em andamento, porém com ritmo reduzido por contingenciamento de recursos. De acordo com o Departamento, 9 Km da estrada no trecho entre Não-Me-Toque e Carazinho já estão asfaltados até o momento. As terceiras faixas estão concluídas, restando aproximadamente 1 Km do lado esquerdo até o perímetro urbano.

Sobre o relato de moradores de que um buraco às margens da pista estaria causando apreensão nos usuários na altura do trecho urbano de Carazinho, o Departamento informa que sobre as escavações na lateral, é preciso parar de chover para a conclusão dos serviços. Já em relação aos buracos, a autarquia informa ter uma equipe de manutenção que vem tapando com frequência os buracos da pista, que no período chuvoso tende a aumentar.

Esse problema, no entanto, só será definitivamente resolvido com a conclusão das obras. O DAER informa ainda que não é possível fixar um prazo para a conclusão, uma vez que o ritmo da obra depende da disponibilidade de recursos financeiros. Para concluir o trecho o investimento é estimado em R$ 13,5 milhões.

Nesta sexta-feira (8), a equipe retomou os trabalhos no acostamento em uma frente de trabalho pouco adiante do quilometro 4 da ERS. São cerca de 20 trabalhadores. Dado a presença de máquinas pesadas na pista, o fluxo de veículos na rodovia vai sendo liberado alternadamente.

Segundo os colaboradores da empresa que executa a obra, por dia, em média, o trabalho rende entre 500 e 600 metros de acostamento.

Reportagem do Grupo Diário da Manhã. 

Compartilhe

Sobre Departamento de Jornalismo

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: ERS-142 entre Não-Me-Toque e Carazinho continua sem previsão de conclusão
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário