Fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsos é fechada pela polícia em Itajaí-SC

Fábrica de Ferraris e Lamborghinis falsos é fechada pela polícia em Itajaí-SC

WhatsApp deve ser bloqueado por 72 horas, ordena Justiça
Consórcio Stara entrega o primeiro bem
PP apresenta Deputado Heinze como pré-candidato ao Governo do Estado em 2018

Quem frequenta o litoral de Santa Catarina já está acostumado a ver carrões de luxo, de marcas famosas, circulando pelas ruas. São Ferraris, Lamborghinis e outros veículos de cinema que no Brasil custam até R$3 milhões de Reais. Mas, como nem tudo é o que parece, a Polícia Civil de Santa Catarina fechou uma fábrica clandestina deste tipo de veículos que entregava modelos falsos, unicamente para ostentação.

O Setor de investigações criminais de Itajai (SIC), coordenado pelo Delegado Angelo Fragelli, na manhã de ontem (15) , em cumprimento a mandados de busca e apreensão na cidade , localizou e apreendeu diversos chassis, moldes, ferramentas e fibras relacionadas a delitos contra a propriedade industrial. Em resumo, falsificação de marca.

A investigação teve início após representação na justiça  das marcas italianas FERRARI e LAMBORGUINI AUTOMOBILI. As duas marcas acionaram também a polícia e denunciaram a fabricação dos falsos veículos em Itajaí.

Os  policiais  fizeram diligencias e  localizaram possíveis endereços onde estariam sendo produzidos os veículos, lá flagrada a ação e a produção em andamento da frota pirateada. Todos os carros eram feitos em fibra, com bancos de imitação, interior idêntico ao original e motor potente para enganar com o ronco, porém, nenhuma peça original das marcas italianas. Os envolvidos são tidos como os principais falsificadores do Brasil, que vendem estes veículos para o país todo. Um carro de luxo que poderia custar até R$ 3 milhões, era vendido na versão falsificada por até R$285 mil, dependendo do grau de realismo e peças.

*Mateus Miotto - Uirapuru 

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by