Deleite-se inspira produtoras da Cotrijal

FOTO: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

Deleite-se inspira produtoras da Cotrijal

Principais manejos para o controle do Mofo Branco em lavouras de soja do RS
Dirigentes cooperativistas debatem gestão da inovação
COTRIJAL: Noite de homenagens para quem faz a diferença

A produção de leite é repleta de detalhes. Nesse sentido, as mulheres têm papel importante dentro das propriedades. São elas, na maioria das vezes, que estão na lida diária com os animais. Para aproximar produtoras de todas as tecnologias e serviços que a Cotrijal oferece, a Unidade de Produção Animal lançou o evento Deleite-se Real Cotrijal. Palestras desta quarta-feira, 27, no Parque da Expodireto, em Não-Me-Toque, atraíram produtoras de diferentes regiões da cooperativa.

O vice-presidente, Enio Schroeder destacou a importância da mulher no leite.

Na área da cooperativa, são duas mil propriedades leiteiras e com rebanhos que produzem até 38 litros/vaca/dia. A produtora Leonilda Três Danieli, 56 anos, de Água Santa, é uma dessas mulheres guerreiras e decididas que contam com a Cotrijal para crescer na atividade. Com a ajuda do médico veterinário da unidade de Água Santa ela viu a produção saltar de 13 litros/vaca/dia para 27 litros/vaca/dia em menos de um ano. “A Cotrijal é sinal de ânimo, rentabilidade. A gente não esperava crescer tanto em tão pouco tempo. A ideia é ir além”, festejou.

Bianca falou sobre a assistência técnica na propriedade.

Em Coqueiros do Sul, na propriedade dos Neuberger, são 40 vacas em lactação, no sistema de Composto Barn, e uma produção de 33 litros/vaca/dia. A meta da família é encher galpão e o tambo. Apaixonada pelo que faz a jovem Mairara Neuberger orgulha-se da parceria com a Cotrijal que envolve a família e inspira as novas gerações na propriedade. O trabalho ganhou o aplauso da plateia.  

Camila Lange apresentou os trabalhos da produção de sementes.

“A mulher tem habilidades especiais e visão peculiar diante dos desafios. Se apaixona pela solução e não pelo problema. Qualidades que têm contribuído para uma maior eficiência na atividade”, destacou o gerente de Produção Animal, Renne Granato.

“Um evento inédito, de grande aprendizado, inspirador. O produtor e associado têm profissionais da melhor qualidade a sua disposição. É um desperdício não usar esse conhecimento”, destacou o vice-presidente Enio Schroeder, que representou a direção do evento.

Para falar sobre as ações que a Cotrijal vêm implementando para gerar mais renda na atividade leite, a cooperativa chamou time de mulheres que atuam na Produção Animal e profissional de empresa parceira. O evento abriu espaço ainda para mostrar o que é feito na parte de produção de sementes e de tecnologia de aplicação.

Vaca boa é vaca prenha
Com larga experiência na área e 17 anos de casa, a médica veterinária da Unidade de Negócios de Não-Me-Toque, Lucélia Castagna Hoffstaedter, afirmou que a eficiência reprodutiva está ligada diretamente à quantidade de leite produzido. “A reprodução tem forte impacto no tambo. Quanto mais vezes a vaca parir maior será a quantidade de litros de leite produzidos por ela. O ideal é que os produtores tenham 50% de vacas prenhas do total de animais”, frisou.

Para ajudar o produtor a ser eficiente na atividade, a Cotrijal se vale de algumas ferramentas, como software que monitora a reprodução dos rebanhos, utilizado deste 2015.

Medir para gerenciar  
Quanto ao gerenciamento de custos, a assistente administrativa da Unidade de Produção Animal, Isabela de Siqueira Cavalcanti Lucas, falou da importância de anotar todas as despesas relacionadas ao leite para olhar possíveis gargalos na produção e tornar a propriedade mais lucrativa. “Facilita a gestão, otimiza custos e maximiza resultados”, pontuou. Na Cotrijal, são 30 propriedades que participam do Programa de Gestão de Custos.

Assistência 
Com experiência em patologia, a médica veterinária Bianca Ribeiro de Souza, trouxe informações sobre o trabalho de assistência clínica do Departamento Veterinário. “Somos uma equipe apaixonada por vacas e que caminha lado a lado com o produtor. A gente se preocupa com manejo nutricional, reprodutivo, sanidade, qualidade e procura inovar sempre. Esse é o nosso diferencial”, ressaltou.

Nutrição segura 
Na conversa com produtoras, a analista de Qualidade da Fábrica de Rações da Cotrijal, Daniela Kroth, deu ênfase para os processos e cuidados que envolvem a produção de rações. Tudo para que o rebanho leiteiro tenha uma nutrição balanceada e de qualidade.

Qualidade do leite 
Já a coordenadora de território da MSD, empresa parceira da Cotrijal, Eveline do Carmo, citou algumas ações que, segundo ela, são imprescindíveis para quem busca a excelência no leite como estabelecer metas, identificar problemas com agilidade e ter rotinas bem definidas.

*Assessoria de Imprensa da Cotrijal

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by